sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

CAFÉ LITERÁRIO COM FERNANDO PESSOA E OUTROS CONVIDADOS

Na Fábrica de Alternativas (Algés), perante uma pequena assembleia, realizou-se, na noite de quarta-feirapassada (dia 18 de Janeiro de 2017), uma estreia.

 Refiro-me à estreia dos «cafés literários», uma actividade com periodicidade mensal, na Fábrica de Alternativas. O conceito e realização deste evento estiveram a cargo do grupo redactorial dos «Cadernos Selvagens».

Foram nossos convidados especiais os amigos poetas Fernando Pessoa, Alberto Caeiro, Álvaro de Campos e Ricardo dos Reis e também o tradutor e prefaciador da obra de Alberto Caeiro, Thomas Crosse.

Realmente, de tudo um pouco se falou, embora sobretudo das relações da poesia com a filosofia. 
Também se falou de «materialismo», «deísmo», «paganismo», mas não como meros «clichés», que se costumam substituir a qualidade tão rara de reflexão. 
Alvaro de Campos e Ricardo Reis tiveram ocasião de aprofundar para a assistência as idiossincrasias, nem sempre evidentes, da filosofia, estilo e poética do seu mestre comum, Alberto Caeiro. 
O próprio Mestre Caeiro também nos presenteou com reflexões fortes, quando entrevistado em directo por Pessoa, seu admirador e compilador. 
Um momento alto do serão foi a leitura por Alberto Caeiro, do seu poema a «A Espantosa Realidade das Cousas».

Gostava de deixar aqui o meu sincero obrigado a todas as almas que participaram nesta sessão.

Graças a todas as pessoas presentes, a estreia da série dos Cafés Literários da Fábrica de Alternativas, abriu com verdadeira «Chave d’ouro»!