domingo, 24 de junho de 2018

«ORLANDO FURIOSO» DE VIVALDI

«NEL PROFONDO», ÁRIA DO 1º ACTO


(Nel profondo cieco mondo si precipiti la sorte già spietata a questo cor. Vincerà l'amor più forte con l'aiuta del valor.)
                                                   
                                     [SOLISTA: MARIE-NICOLE LEMIEUX]


                                                          INTEGRAL DA ÓPERA


DISTRIBUTION





  • Date17 avril 2018
  • Durée3h 30min
  • ProductionOxymore - Fondazione Teatro La Fenice - Mezzo avec la participation de France Télévisions
  • RéalisationStephane Verite
  • AuteurGrazio Braccioli
  • CompositeurAntonio Vivaldi
  • Metteur en scèneFabio Ceresa



    • Acteurs (+rôles)
    • Orlando : Sonia Prina / Angelica : Francesca Aspromonte / Alcina : Lucia Cirillo / Bradamante : Loriana Castellano / Medoro : Raffaele Pe / Ruggiero : Carlo Vistoli / Astolfo : Riccardo Novaro



  • Chef d'orchestreDiego Fasolis
  • OrchestreOrchestra del Teatro La Fenice
  • CostumesGiuseppe Palella
  • LumièreFabio Barettin
  • DécorsMassimo Checchetto
  • ChoeurCoro del Teatro La Fenice
  • Chef des choeursUlisse Trabacchin
















O libreto, baseado num poema de Ariosto, poeta do Renascimento, tem todos os ingredientes para exprimir as paixões humanas. Nomeadamente, a tensão emocional que acompanha o desenrolar do drama em música. As paixões foram sempre matéria-prima da ópera: aqui, a paixão amorosa insatisfeita leva Orlando à loucura. 
Aqui, nesta encenação, são exprimidas as emoções humanas, com talento e criatividade, motivo pelo qual prefiro esta versão a muitas outras. A qualidade musical dos interpretes serve perfeitamente a excelente partitura.
Esta ópera «Orlando Furioso» é uma das mais célebres de Vivaldi. Na nossa época, foi representada em palco e gravada em disco, com bastante frequência. Creio ser uma das óperas barrocas que mais facilmente se podem acomodar ao gosto do público contemporâneo. 
Algumas das suas árias tornaram-se célebres e são regularmente incluídas em recitais, por vários intérpretes.